Google +

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Resumo da História do Realejo no Brasil


Realejo, nome de uma caixa musical feita artesanalmente. A maioria construída há mais de 200 anos. Originais da Europa e desenvolvida em diversos tamanho, foram trazidas para o Brasil no inicio do século passado.

Elas por sua vez são constituídas de foles, cilindros e sua máquina por ser centenária é praticamente perfeita. Uma vez acionando um dispositivo e girando uma manivela pode-se ouvir até 8 tipos de músicas.

Não existe fabricante para essa raridade no Brasil. Apenas na Europa. Quem às tem, guarda as 7 chaves e cuida muito bem desse instrumento. Com o passar dos anos essa tradição folclórica foi diminuindo. Porém, vale ressaltar a importância da continuidade desse trabalho para as futuras gerações.

O pássaro de estimação (periquito, maritaca, calopsita, etc) são sempre muito, mas muito bem tratado e cuidado, além de serem autorizados pelo Ibama, pois eles fazem um espetáculo à parte.
A origem do pássaro veio da Itália e usados até os dias atuais por todos os operadores de Realejo. Antes deles eram utilizados macacos. Daí surgiu o nome: Realejo, Mico da Sorte. Por problemas que as vezes o animal de estimação causava na hora do trabalho, foram sendo substituídos pelo pássaro.

Periquito da Sorte, Realejo ou Realejo da Sorte, como quiserem chamar. E a sorte, papel da sorte, para quem acredita, boa Sorte! Para quem não acredita, vale a pena simplesmente parar diante de um Realejo e apreciar essa obra prima que atravessa gerações. Sucesso!

Muito Obrigado!

Links de Realejo para comprar na França e europa:
http://www.orgue-barbarie.com/
http://www.orgue-de-barbarie.be/
http://orgue-de-barbarie.pagesperso-orange.fr/
http://www.orgues-de-barbarie.com/
http://orgues-barbarie-toulouse.org/welcome/index.php
http://captain-malo.org/news/news.php
Contato: 011 99210 9931 / 98548 9908 / 99928 0720
realejodasorte@gmail.com - c/ Marcello

2 comentários:

  1. Que bacana saber mais sobre isso!
    Recentemente eu postei sobre realejo no meu blog!
    Dá uma olhadinha lá ;-)
    www.comoserumbommarido.wordpress.com

    abraços

    ResponderExcluir
  2. Olá, Marcello
    gostei muito de saber da história do realejo no Brasil. Moro na Alemanha e aqui a tradição do realejo ainda sobrevive e há muitas pessoas dedicadas ao instrumento.
    Muito bacana seu trabalho de divulgação. Parabéns e muita energia para continuar!
    Um abraço,
    Lu

    ResponderExcluir